Qualificação do projeto de Tese e Defesa da Tese de Doutorado

Qualificação do projeto de Tese de Doutorado

Tanto a qualificação do projeto de Tese quanto a defesa da Tese são obrigatórias.

Para alunos de Doutorado ingressantes no PPGA a partir de 2018, estes devem seguir o Art 55º do Regimento do PPGA de 2017, ou seja, ser aprovado em exame de qualificação até o 26º mês de curso.

Para alunos de Doutorado ingressantes no PPGA antes de 2018, estes devem seguir o Art 69º do Regimento do PPGA 2010, ou seja, ser aprovado em exame de qualificação até o 30º mês de curso.

Procedimentos para a Qualificação:

  1. O orientador faz o contato com os professores convidados para a banca (no mínimo 3 membros titulares, sem contar o próprio orientador, sendo, destes 3 membros, ao menos 1 externo ao PPGA), define data e horário compatíveis a todos e preenche o formulário de solicitação de banca e formulário com as informações do Membro externo da banca, encaminhando ao PPGA com, no mínimo, 10 (dez) dias de antecedência.
  2. O aluno fica responsável por entregar cópia do trabalho aos membros da banca.
  3. O PPGA enviará, por e-mail, aos membros da banca a carta convite, informando local e horário.
  4. A reserva da sala de aula para a qualificação fica a cargo do PPGA.
  5. O PPGA fornecerá a pasta da qualificação, que será entregue ao orientador, ao início da apresentação contendo a ata e as declarações de participação do orientador e dos membros titulares.
  6. Após o término da qualificação, o orientador devolverá a pasta ao PPGA, para arquivamento da ata e lançamento no CAPG, do resultado do exame de qualificação.

Formulários:

Solicitacao de banca de qualificacao de Doutorado

Formulário-Dados-Prof.-Externo

Defesa da Tese de Doutorado

Tanto a qualificação do projeto de Tese quanto a defesa da Tese são obrigatórias.

O curso de doutorado terá a duração mínima de dezoito (18) e máxima de quarenta e oito (48) meses.

Sendo assim, o(a) aluno(a) deverá ir para a banca de defesa de doutorado em até 48 meses do início do seu curso no PPGA. Isso significa que a data da banca deverá estar dentro dos 48 meses.

Obs.: O aluno com índice de aproveitamento inferior a sete (7,0) não poderá submeter-se à defesa de trabalho de conclusão de curso.

Procedimentos para a Defesa:

  1. O orientador faz o contato com os professores convidados para a banca (no mínimo 3 membros titulares, sem contar o próprio orientador, sendo, destes 3 membros, ao menos 1 externo ao PPGA), define data e horário compatíveis a todos e preenche o formulário de solicitação de banca e formulário com as informações do Membro externo da banca, encaminhando ao PPGA com, no mínimo, 15 (quinze) dias de antecedência.
  2. O aluno fica responsável por entregar cópia do trabalho aos membros da banca.
  3. O PPGA enviará, por e-mail, aos membros da banca a carta convite, informando local e horário.
  4. A reserva da sala de aula para a defesa fica a cargo do PPGA.
  5. O PPGA fornecerá a pasta da defesa, que será entregue ao orientador, ao início da apresentação contendo a ata e as declarações de participação do orientador e dos membros titulares.
  6. Após o término da defesa, o orientador devolverá a pasta ao PPGA, para arquivamento da ata e lançamento no CAPG, do resultado da defesa.
  7. Após a defesa, o aluno receberá declaração de defesa e ofício com orientação quanto à entrega da versão final e registro do diploma.

Formulários:

Solicitacao de banca de defesa de Doutorado

Formulário-Dados-Prof.-Externo

Demais informações pertinentes sobre a banca de defesa:

  • A presidência da banca de defesa, que poderá ser exercida pelo orientador ou coorientador, será responsável pela condução dos trabalhos e, em casos de empate, exercer o voto de minerva.
  • Membros da banca examinadora poderão participar por meio de sistemas de interação áudio e vídeo em tempo real (inclusive para a banca de qualificação).
  • A decisão da banca examinadora será tomada pela maioria de seus membros, podendo o resultado da defesa ser:
    • I – aprovada a arguição e a versão do trabalho final para defesa sem alterações (o estudante deverá entregar versão definitiva da dissertação ou tese, no prazo de até trinta (30) dias da defesa);
    • II – aprovada a arguição com modificações de aperfeiçoamento na versão final do trabalho apresentado na defesa (a presidência deve incluir um documento, anexo à ata de defesa, explicitando as modificações exigidas na versão do trabalho final, assinado pelos membros da banca. As modificações de aperfeiçoamento deverão ser aprovadas pelo orientador e por todos os membros da banca em até dez (10) dias do prazo final, respeitando o documento citado e a entrega da versão final já corrigida deverá ser feita no prazo máximo de sessenta (60) dias, contados a partir da data da defesa;
    • III – aprovada a arguição, condicionando a aprovação da defesa às modificações substanciais na versão do trabalho final (a presidência deve incluir um documento, anexo à ata de defesa, explicitando as modificações exigidas na versão do trabalho final, assinado pelos membros da banca). As modificações substanciais deverão ser aprovadas pelo orientador e por todos os membros da banca em até dez (10) dias do prazo final, respeitando o documento citado e a entrega da versão final já corrigida deverá ser feita no prazo máximo de noventa (90) dias, contados a partir da data da defesa;
    • IV – reprovado, na arguição e/ou no trabalho escrito.

Das assinaturas dos membros das bancas após a defesa

Conforme a Portaria nº 01/2018/PROPG, de 09 de março de 2018 (http://notes.ufsc.br/aplic/boletim.nsf/3f3a06701f450e330325630d004c4e29/93e21401947f2b0f832582500050bcfe?OpenDocument): 

Art. 5º Após a elaboração da dissertação ou tese é de responsabilidade da coordenação do Programa de Pós-Graduação a coleta de assinaturas originais dos membros da banca examinadora, na folha de aprovação, no dia da defesa.
§ 1º A folha de aprovação [ata] poderá ser assinada por todos os membros na sessão de defesa, delegando-se ao orientador a conferência do exemplar final.
§ 2º Após a assinatura, a folha de aprovação [ata] deverá ser arquivada junto à Secretaria do Programa e somente será entregue ao aluno após parecer formal do orientador de que as correções propostas foram efetuadas no exemplar final.
§ 3º Nos casos em que houver alteração no título do trabalho, o aluno deve providenciar a alteração da folha de aprovação [ata] de forma a coletar as assinaturas tão logo seja finalizada a sessão, procedendo-se, na sequência, como indicado neste artigo.

Art. 6º As assinaturas dos membros que participaram efetivamente da banca examinadora, presencialmente ou por videoconferência, devem ser apresentadas na folha apropriada para esse fim, denominada folha de aprovação [ata].
§ 1º É necessário apresentar na versão final impressa a assinatura original de todos os membros da banca, não sendo permitida a digitalização ou cópia. 
§ 2º Em caso de participação por videoconferência, deve-se registrar essa situação do lado do nome, na folha de aprovação [ata], a qual deverá ser enviada ao membro da banca examinadora.
§ 3º Em caso de impossibilidade, será permitido que o coordenador do Programa de Pós-Graduação assine no local destinado à assinatura do participante por videoconferência, sendo necessária a inclusão de carimbo com nome e cargo de coordenador ao lado da assinatura.
§ 4º Em caso de afastamento do coordenador do Programa de Pós-Graduação, o substituto legal designado poderá assinar por ele, devendo-se incluir carimbo com nome e cargo ao lado da assinatura.
§ 5º Em situações excepcionais, poderá o coordenador do Programa de Pós-Graduação assinar no local destinado à assinatura de quaisquer outros membros da banca examinadora, sendo necessária a inclusão de carimbo com nome e cargo ao lado da assinatura.
§ 6º A situação descrita no § 5º deve ser justificada à PROPG por meio de memorando assinado pela coordenação do curso, devendo-se entregar à BU/UFSC, no momento do depósito, uma cópia contendo o aceite da PROPG.
§ 7º Não será permitida, exceto nos casos descritos neste artigo, a assinatura de qualquer outra pessoa que não seja a do participante da banca examinadora.
§ 8º A folha de aprovação [ata] da dissertação ou tese poderá ser digitalizada após a coleta de todas as assinaturas e inserida na versão final em PDF/A que será gravada no CD/DVD-ROM.

Prorrogação, Trancamento, Tratamento de saúde e Maternidade/paternidade

Sugere-se que o(a) aluno(a) leia o Regimento do PPGA 2017, em especial os Art. 45º (sobre prorrogação), 42º (sobre trancamento), 24º (sobre tratamento de saúde), 25º (sobre maternidade/paternidade) e 46º (sobre desligamento).

A Coordenação do PPGA informa também que foi publicado a resolução (abaixo) que trata de critérios para a possibilidade de prorrogação de prazo de defesa tanto para mestrado como para doutorado. Esta resolução foi aprovada pelo Colegiado do PPGA (ata nº 198), após intensas reuniões entre os membros da comissão de prorrogação de prazo, presidida pelo Prof. Dr. Rogério Tadeu Lacerda e com demais docentes e dois representantes discentes, e também após uma reunião prévia no Colegiado antes da reunião da aprovação do documento.

Os critérios mencionados pela resolução acima passam a valer para os mestrandos ingressantes a partir de 2017 (defesa até início de 2019) e para os doutorandos a partir de 2016 (defesa até início de 2020).

Por fim, a Coordenação do PPGA informa que, conforme o Art. 45.º do Regimento do PPGA 2017: “A prorrogação é entendida como uma extensão excepcional do prazo máximo previsto no Art. 23.º, mediante aprovação do Colegiado Pleno”. Portanto, deverá ser utilizado APENAS para excepcionalidades e seguindo a Resolução 04/PPGA/2017.

Resolução: Resolução004PPGA2017 Prorrogação

Regimento PPGA/2017: Regimento Interno PPGA UFSC 2017

Prorrogação: Pedido Prorrogação

Trancamento: Trancamento de Matrícula

Afastamento em razão de tratamento de saúde: Requerimento-afastamento-tratamento-saude

Afastamento em razão de maternidade/paternidade: Requerimento-afastamento-maternidade-paternidade